terça-feira, 30 de junho de 2009

CHACRINHA - 30 JUNHO

José Abelardo Barbosa de Medeiros (Surubim, 30 de setembro de 1917 - Rio de Janeiro, 30 de junho de 1988)Disponível em:
<http://revistaquem.globo.com/Revista/Quem/0,,ERT2261-8192,00.html>. Acesso em: 30 jun. 2009.
O "Palhaço do Povo" - como se autodenominava - alegrou as tardes de sábado nos anos 80, com o Cassino do Chacrinha e, sem dúvida, foi um dos maiores animadores do Rádio e da Televisão do Brasil.
Chacrinha foi responsável pela popularização do Rádio e principalmente da TV como veículo de comunicação de massa. Começou sua carreira no Rádio em 1939. Atuou pelas Rádios Vera Cruz, Tupi, Clube Fluminense, Clube de Niterói, todas no Estado do Rio de Janeiro. O apelido que lhe fez famoso, era uma referência ao local onde estava situada a antiga Rádio Clube Niterói, numa chácara em Icaraí, no RJ. Abelardo Barbosa solicitou à direção da Rádio para fazer um programa de música carnavalesca, intitulado "O Rei Momo na Chacrinha". O programa vingou, e o nome também. Outros apresentadores passaram a chamá-lo de Abelardo "Chacrinha" Barbosa, e o apelido pegou.
Em 1956, levado à televisão, o "Velho Guerreiro", como também era conhecido, criou um inovador e irreverente programa de calouros, com jurados e dançarinas (Chacretes) que se tornou popular no país inteiro e projetou grandes nomes da Música Popular Brasileira (MPB). Famoso pela buzina zombeteira e autor de inesquecíveis bordões, como:
- "Quem não se comunica se trumbica";
- "Eu vim para confundir, não para explicar";
-"Teresinhaaaaa...!!!!!"

Também imortalizou as famosas perguntas:
- "Vocês querem bacalhau?" (ou abacaxi, limão, etc. os quais jogava no público);
- "Vai para o trono ou não vai?"
Chacrinha misturava em seu trabalho descontração e alegria, ironia e irreverência. Na televisão estreou na Tupi do Rio, passando pela TV Rio, TV Excelsior, TV Record, TV Bandeirantes, TV Tupi (Rede), e por último na TV Globo. Faleceu aos 70 anos, vítima de infarto do miocárdio e insuficiência respiratória.
Disponível em:
<http://www.bastidoresdoradio.com/noticias_julho_08.htm>. Acesso em: 30 jun.2009.

segunda-feira, 29 de junho de 2009

ANTOINE DE SAINT-EXUPÉRY - NASCIMENTO: 29.06.1900

Antoine-Marie-Roger Foscolombe de Saint-Exupéry (Lyon, 29.06.1900 - Mar Mediterrâneo, 31.07.1944)
A aviação foi, para Saint-Exupéry, fonte de ação heroica e novo tema literário: exalta a aventura com risco de vida como suprema realização humana. Sua obra é o testemunho singular de um piloto de guerra com alma de poeta.
Enciclopédia Barsa v. 13, p. 39.


Disponível em:
<http://decarneeosso.wordpress.com/2009/05/26/antoine-de-saint-exupery/>. Acesso em: 29 jun. 2009.

"Escreveu "O Pequeno Príncipe" (preferido das misses), e desapareceria em missão militar em 1944.
Sugiro, com a devida vênia, " Voo noturno", "Correio Sul" e "Terra dos Homens". Num desses livros aparece o chefe dele, nas missões pioneiras do correio aéreo, dizendo uma frase que guardo com carinho :
A felicidade de um homem está no dever cumprido.
" (colaboração de Sérgio Tavares, por e-mail)

Disponível em: <http://www.nenpl.org/services/localhistory/saintexupery/saintexupery.php>. Acesso em: 29 jun. 2009.

Saint-Exupéry faleceu durante uma missão de reconhecimento sobre Grenoble e Annecy. Em 2004, os destroços do avião que pilotava foram achados a poucos quilômetros da costa de Marselha. Seu corpo jamais foi encontrado.

Disponível em:

<http://pt.wikipedia.org/wiki/Antoine_de_Saint-Exup%C3%A9ry>. Acesso em: 29 jun. 2009.

CONHEÇA AS OBRAS DESTE ESCRITOR DISPONÍVEIS NA BIBLIOTECA DA ETS:

SAINT-EXUPÉRY, Antoine de. Cartas do Pequeno Príncipe. 46.ed. Belo Horizonte: Itatiaia, 1969. 166p.

______. Correio Sul. 8.ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1981. 131p.

______. O Pequeno Príncipe: Com Aquarelas do Autor. 14.ed. Rio de Janeiro: Agir, 1969. 95p. (2 exemplares)

______. Piloto de Guerra. 3.ed. Sãp Paulo: Aster, s.d. 231p.

domingo, 28 de junho de 2009

GUIMARÃES ROSA - 101 ANOS DE NASCIMENTO!

João Guimarães Rosa - Cordisburgo (MG), 27 de junho de 1908 - Rio de Janeiro, 19 de novembro de 1967.
Foi um dos mais importantes escritores brasileiros de todos os tempos, além de médico e diplomata.
Os contos e romances escritos por Guimarães Rosa ambientam-se quase todos no chamado sertão brasileiro. A característica peculiar do autor é o uso de neologismos, ou seja, da criação de palavras ou da recriação delas.


O Grande Sertão: Veredas, um dos romances mais conhecidos e lembrados na literatura, é aclamado pela crítica por suas inovações nas formas e na escrita. Além de receber prêmios por esta obra, Guimarães Rosa passa a ser reconhecido como especial dentro da 3ª geração modernista.

Disponível em: <http://gomamg.blogspot.com/2008_06_01_archive.html>. Acesso em: 28 jun. 2009.
Em 1967, João Guimarães Rosa seria indicado para o prêmio Nobel de Literatura. A indicação, iniciativa dos seus editores alemães, franceses e italianos, foi barrada pela morte do escritoraos 59 anos.

Fenômeno da literatura brasileira, Rosa começou a publicar aos 38 anos. O autor, com seus experimentos lingüísticos, sua técnica, seu mundo ficcional, renovou o romance brasileiro, concedendo-lhe caminhos até então inéditos. Sua obra se impôs não apenas no Brasil, mas alcançou o mundo.

Disponível em: <http://www.releituras.com/guimarosa_bio.asp>. Acesso em: 28 jun. 2009.

A BIBLIOTECA DA ETS TEM AS SEGUINTES OBRAS DO AUTOR:

ROSA, João Guimarães. Grande Sertão: Veredas. 13.ed. Rio de Janeiro: J. Olympio, 1979. 460p. (2 exemplares)

______. Manuelzão e Miguilim. 11.ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2008. 263p.

sábado, 27 de junho de 2009

SONIC: 18 ANOS! (23.06.1991)

Sonic é sem dúvida um dos mais famosos personagens que já existiram - tornou-se um ícone mundial de games.
O primeiro game do ouriço foi "Sonic the Hedgehog" lançado em 23.06.1991.



Disponível em:
<http://wiiclube.uol.com.br/blog/2009/06/23/sonic-completa-18-anos-com-alguns-dispensaveis/>. Acesso em: 27 jun. 2009.

Disponível em: <http://www.intersonic.com.br/especiais/retrospectiva2008/>. Acesso em: 27 jun. 2009. (texto)

ASSASSINATO DE FRANCISCO FERNANDO (28.06.1914): INÍCIO DA 1ª GUERRA MUNDIAL

A 1a Guerra Mundial é o primeiro conflito armado que envolve diretamente as grandes potências do mundo. Dura de 1914 a 1918 e altera a organização social e política em âmbito mundial. Até então existiram apenas conflitos envolvendo determinadas regiões do planeta.
Abaixo, o Imperador da Áustria e Rei da Hungria, Francico José, que ficou no poder até 1916. O arquiduque Francisco Fernando era seu sobrinho e herdeiro do trono áustro-húngaro.


Disponível em: <http://commons.wikimedia.org/wiki/File:KaiserFrancisJoseph--nsillustratedwar03londuoft.jpg>. Acesso em: 27 jun. 2009.

Disponível em: <http://media.photobucket.com/image/Arquiduque%20Francisco%20Fernando/sai-te/AtentadoSerajevoArquiduqueFrancisco.jpg>. Acesso em: 27 jun. 2009.

O estopim do primeiro conflito mundial é o assassinato, em 28 de junho de 1914, na cidade de Sarajevo, do arquiduque Francisco Fernando, herdeiro do trono austríaco e de sua esposa, Sofia, Duquesa de Hohenberg.

Disponível em: <http://www.professoronline.ac.mz/historia/primeirag.htm>. Acesso em: 27 jun. 2009. (texto acima)

Primeira Guerra Mundial

Conflito armado que começa em 1914, como uma disputa local entre o Império Austro-Húngaro e a Sérvia, estende-se às potências imperialistas da Europa e acaba se tornando global. O saldo deste conflito foi a morte de mais de 8 milhões de soldados e 6,5 milhões de civis. Confrontam-se dois grupos de países organizados em pactos antagônicos: a Tríplice Aliança, liderada pela Alemanha, e a Tríplice Entente, encabeçada pela França.

A vitória ficou com os aliados da Entente, mas teve como consequência principal a perda, pela Europa, do papel de liderança planetária. Os Estados Unidos, que entram no conflito só em 1917, assumem a liderança dos negócios mundiais e passam a ser o centro de poder do Capitalismo.

A reorganização do cenário político no continente europeu e as condições humilhantes impostas pelo Tratado de Versalhes ao perdedor, a Alemanha, levam à 2ª Guerra Mundial (1939-1945).
Disponível em:

PAINEL DO 10º FISL: FRONTEIRA ELETRÔNICA (PUC/RS)

Uma das últimas palestras do 10° Fórum Internacional Software Livre (FISL), o Painel "Fronteira Eletrônica" debateu as principais questões discutidas durante os quatro dias do Fórum.
Marcelo Branco, coordenador-geral do 10º FISL, abriu o Painel colocando que "na era em que vivemos atualmente o indíviduo tem mais poder que nas anteriores e se comunica diretamente com o público".
Disponível em: <http://radio-com.blogspot.com/2009_04_01_archive.html>. Acesso em: 27 jun. 2009. (imagem)
Participaram do debate Marcelo Branco, Jacob Appelbaum, Ségio Amadeu, o deputado Paulo Teixeira , o tecnologista do time da Eletronic Frontier Fundation, Seth Schoen, o co-fundador do site The Pirate Bay, Peter Sunde e Elizabeth Stark da Universidade de Yale.
Disponível em: <http://www.rafaeldesigner.com.br/blog/eventos/10-forum-internacional-de-softwarelivre>. Acesso em: 27 jun. 2009. (imagem)
O debate abordou, entre outros temas, assuntos como:
* liberdade na rede;
* a proteção da propriedade intelectual;
* o embate entre o uso de software livre e proprietário.
"É preciso impedir que estes caras tomem conta. Autenticar se na internet deve ser possível e não obrigatório", disse Jacob Appelbaum, fotógrafo e hacker de segurança da computação.
Na ocasião o sociológo e ativista do software livre, Sérgio Amadeu, afirmou que "na internet deve prevalecer a cultura de liberdade e não da permissão. Não é possível que o senado considere a liberdade como uma delinquência." O deputado federal Paulo Teixeira completou que "o senado brasileiro deveria combater outras delinquências, as deles".
Disponível em:

sexta-feira, 26 de junho de 2009

FARRAH FAWCETT ( 02.02.1947 - 25.06.2009)

Farrah Leni Fawcett (02.02.1947 - Corpus Christi, Texas/25.06.2009 - Santa Monica, California)
Foto: quebarato.com.br
Disponível em: <http://bemresolvida.itodas.uol.com.br/?tag=fashion-rio>. Acesso em: 26 jun. 2009.

A atriz, Farrah Fawcett, de 62 anos, após longa batalha, morreu ontem vítima de câncer.
Sua foto com o maiô vermelho tornou-se um ícone da época, aparecendo até mesmo no filme "Os Embalos de Sábado à Noite". Neste período era modelo famosa de várias marcas de cosméticos. Casou-se com Lee Majors em 1974. Posteriormente, divorciou-se do "Homem de 6 Bilhões de Dólares", tornando-se uma das Panteras originais.
Farrah Fawcett tornou-se eterna sex symbol pela personagem que desempenhou na popular série Charlie's Angels (As Panteras). Entre 1976 e 1980, Farrah esteve presente na televisão - no papel de Jill Munroe que a alçou ao estrelato - e seu corte de cabelo correu mundo, imitado por mulheres de todas as idades. No último ano da série, a atriz acabou por sair do elenco para seguir uma carreira no cinema, o que lhe valeu um processo por parte dos produtores.
A sua relação com Ryan O’Neall, com quem teve um filho, é outro marco em sua vida - o ator esteve ao seu lado até o fim.

Disponível em: <http://www.geocities.com/messysundae/panteras.html>. Acesso em: 26 jun. 2009.

As Panteras (Charlie's Angels)

MICHAEL JACKSON (29.08.1958 - 25.06.2009)

Michael Joseph Jackson (Gary, Indiana, 29 de agosto de 1958 - Los Angeles, 25 de junho de 2009).
Músico norte-americano, atuou como cantor, compositor, produtor, diretor, dançarino e instrumentista. Iniciou a carreira aos cinco anos de idade como líder vocal do grupo Jackson 5.
Colecionando hits desde a infância, Jackson só começou a conhecer a verdadeira fama no disco Off The Wall de 1979, sob a batuta do influente Quincy Jones que ainda produziu os dois próximos discos do cantor, e iria conquistar o mundo 4 anos depois com o disco Thriller que contém as clássicas "Beat It" (marcada pelo riff de Steve Lukather e solo de Eddie Van Halen); "The Girl is Mine"- com Paul McCartney - "Wanna Be Startin`Somethin`" e a famosa faixa título, com direito a mega produção no clip e risadas macabras do ator Vincent Price. Até hoje, Thriller é o disco mais vendido da história fonográfica.

Depois do disco Bad, de 1987, e Dangerous, de 91, a carreira do cantor mergulhou numa fase de turbulência, críticas e insucesso. Ainda lançou o álbum Invincible, em 2001, sem o mesmo brilho de antes.

As fotos acima mostram as várias faces de Michael Jackson...

Jackson nunca deixou de ser um artista de extrema competência na música, redirecionando o mercado fonográfico e a cultura pop na década de 80.


REFERÊNCIAS:
Disponível em: <http://batidass.blogspot.com/2008/08/whos-bad.htmlt>. Acesso em: 25 jun.2009. (foto 1 e texto)
Disponível em: <http://smyles40.blogspot.com/ >. Acesso em: 25 jun. 2009. (foto 2)
Disponível em:

<http://blogdjdavid.blogspot.com/2008/08/michael-jackson-50-anos_29.html>. Acesso em: 26 jun. 2009. (foto 3 e texto)
Disponível em: <http://avidaeumpalco.com/?p=1888 >. Acesso em: 26 jun. 2009. (foto 4)

quarta-feira, 24 de junho de 2009

CHICO BUARQUE - 19 DE JUNHO DE 1944

Homenagem a um geminiano genial...

Em 2003, ainda trabalhando na Zona Sul de Porto Alegre, na E. E. Ensino Médio Padre Reus, fizemos uma excursão de encerramento dos 3ºs. anos para a bela praia de Torres, onde visitamos seu antigo casario e a igrejinha com arquitetura açoriana... Era agosto e os colegas sabiam a data do meu níver. Ao jantarmos em uma pizzaria com música ao vivo, um dos colegas (que já havia decoberto minha música preferida do Chico) prestou-me bela homenagem ao solicitar que os músicos tocassem "João e Maria"...
Também acho belíssimas "Teresinha", "As Vitrines" e "Mulheres de Atenas"... Mas me arrepiei ao ouvir Bibi Ferreira cantando "Gota Dágua" e outras músicas da peça homônima no antigo Teatro Leopoldina (ex-Ospa).

Disponível em:
<http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EDR79536-6014,00.html>. Acesso em: 24 jun. 2009.

João e Maria
Chico Buarque

Agora eu era o herói

E o meu cavalo só falava inglês

A noiva do cowboy

Era você

Além das outras três

Eu enfrentava os batalhões

Os alemães e seus canhões

Guardava o meu bodoque

E ensaiava um rock

Para as matinês

Agora eu era o rei

Era o bedéu e era também juiz

E pela minha lei

A gente era obrigado a ser feliz

E você era a princesa

Que eu fiz coroar

E era tão linda de se admirar

Que andava nua pelo meu país

Não, não fuja não

Finja que agora eu era o seu brinquedo

Eu era o seu pião

O seu bicho preferido

Vem, me dê a mão

A gente agora já não tinha medo

No tempo da maldade

Acho que a gente nem tinha nascido

Agora era fatal

Que o faz-de-conta terminasse assim

Pra lá desse quintal

Era uma noite que não tem mais fim

Pois você sumiu no meu mundo

Sem me avisar

E agora eu era um louco a perguntar

O que é que a vida vai fazer de mim

Disponível em: <http://www.lyrics.mus.br/chico-buarque/joao-e-maria/letra-da-musica/65458/>. Acesso em: 24 jun. 2009.

Francisco Buarque de Hollanda é músico, dramaturgo e escritor brasileiro, filho do historiador Sérgio Buarque de Holanda. Nasceu no Rio de Janeiro e iniciou sua carreira artística na década de sessenta, tornando-se conhecido nacionalmente após sua participação no Festival de Música Popular Brasileira, em 1966, transmitido pela TV Record, com A Banda (que dividiu o 1º lugar com Disparada, de Geralgo Vandré) e marcou a primeira aparição pública de grande repercussão, apresentando um estilo amparado no movimento musical urbano carioca da Bossa Nova, surgido em 1957. Ao longo da carreira, o samba e a MPB também seriam estilos amplamente explorados.(*)

No Festival de 1967 fez sucesso com Roda Viva, interpretada por ele e seus amigos do MPB4. No ano seguinte, venceu o III Festival Internacional da Canção (rede Globo) com uma composição feita em parceria com Tom Jobim: Sabiá, mas desta vez, o resultado foi contestado pelo público, que preferiu Para Não Dizer que Não Falei de Flores (Geraldo Vandré) que se tornaria um hino contra a ditadura militar.
Esteve exilado na Itália e, no retorno ao Brasil, para driblar a censura, usou o pseudônimo de "Julinho da Adelaide".
Compôs várias trilhas sonoras para o cinema (Se Segura, Malandro, Vai Trabalhar, Vagabundo 1 e 2, de Hugo Carvana), escreveu peças de teatro (Roda Viva, Calabar - parceria com Ruy Guerra -, Gota d'Água, Ópera do Malandro), tendo escrito alguns livros ("Budapeste" ganhou o Prêmio Jabuti 2004) alguns dos quais foram transpostos para a telona - como "Benjamin" e "Budapeste". Lançou "Leite Derramado" este ano (2009).
Tem uma obra muito rica em termos poéticos, líricos e musicais e entende como ninguém a "alma feminina". (** com adaptações próprias)
(*) Disponível em: <http://www.letras.com.br/biografia/chico-buarque>. Acesso em: 24 jun. 2009.
(**)Disponível em: <http://pt.wikipedia.org/wiki/Chico_Buarque>. Acesso em: 24 jun. 2009.

10º FÓRUM INTERNACIONAL DE SOFTWARE LIVRE



Disponível em: <http://www.fisl.org.br/10/www/>. Acesso em: 24 jun. 2009.

Inicia hoje, na Pontifícia Universidade Católica (PUC/RS) o 10º Fórum Internacional de Software Livre (FISL), evento onde as principais novidades na área de programação são divulgadas.

Trocar conhecimentos relacionados às Tecnologias da Informação (TI) de livre acesso e compartilhamento atrai pessoas interessadas de todo o Brasil (65% são de outros estados) e do exterior (14 nacionalidades estão presentes ao evento).


Disponível em:

Os conceitos de colaboração, trabalho em rede e inteligência coletiva marcam o universo do software livre e o Coordenador Geral do evento, Marcelo Branco, destacou a importância da Cultura Livre que, segundo ele, inaugurou uma nova era em nossa sociedade.
O 10ºFISL acontece até o próximo sábado, 27. No dia anterior, sexta-feira, 26, o Presidente Luís Inácio Lula da Silva estará presente no Fórum.
O excelente humor do ilustrador e desenvolvedor web, de Natal, Karlisson de Macêdo Bezerra, que também veio a Porto Alegre para participar do 10º FISL:
Disponível em: <http://nerdson.com/blog/>. Acesso em 24 jun. 2009.

domingo, 21 de junho de 2009

INVERNO - 21 DE JUNHO

Esta bela foto é de um por do sol no inverno em Porto Alegre RS:

Disponível em: <http://www.flickr.com/photos/mangelo/687956307/>. Acesso em: 21 jun. 2009.

Hoje, 21 de junho, estamos ingressando no inverno, estação da qual os estados do Sul do Brasil são os legítimos representantes, pela incidência de baixas temperaturas.
Aqui, nesta época, temos a tradição de comer pinhão, acender lareiras, tomar chocolate quente, quentão, vinho e aproveitar os dias luminosos e frios para passeios à Serra, onde, com sorte, vemos os alvos flocos de neve branqueando a paisagem...Disponível em: <http://www.pititi.com/shop/avactis-images/fur931-cj-inverno.jpg>. Acesso em: 21 jun. 2009.

POESIA DE INVERNO
Marcos André Carvalho Lins

Relampejava,

Os versos pegaram o caminho da áurea madrugada,

Fragmentaram-se, em palavras nuas, em fonemas sem graça

A noite ilustrada verbalizava (ouviram-se náuseas)

Nos precipícios dos vocábulos jaziam as fábulas

O infinito traduzia letras em línguas distantes (trovejavam analogias e metáforas)

Por um minuto, um breve ruído assomou adiante

Era a vida inquieta na loucura dos seus próprios diálogos

Monossílabos tônicos se precipitavam

Caía uma garoa lacônica que a tudo abraçava

E a minha poesia, por pouco, em silêncio não se diluía...

Disponível em: <http://www.overmundo.com.br/banco/poesia-de-inverno>. Acesso em: 21 jun. 2009.

Disponível em:

<http://papagaioazul.weblog.com.pt/arquivo/2008/01/o_boneco_de_nev.html>. Acesso em: 21 jun. 2009.

terça-feira, 16 de junho de 2009

CORPO & MENTE: CURIOSIDADES

video

Este vídeo foi elaborado por mim para a disciplina de Produção de Mídias em Bibliotecas Escolares do Curso de Especialização em Bibliotecas Escolares e Acessibilidade (EBEA -UFRGS) que estou fazendo em EAD.

Abaixo estão listadas as referências dos materiais utilizados para a elaboração do mesmo, acessados no mês de junho de 2009.

Podes assistir no Youtube:

http://www.youtube.com/watch?v=nNaqyqZp1B4

REFERÊNCIAS:

http://projetointegrandogeracoes23.blogspot.com/ (bebendo copo de água)
http://ogindungo.blogspot.com/2008_03_09_archive.html (copo de água)
http://pt.dreamstime.com/beautiful-baby-under-blanket-image2118223 (cobertor 1)
http://www.fotosearch.com.br/BDX419/bxp154743/ (mulher cobertor)
http://tempestade-jesuisentraindechercher.blogspot.com/2009_02_01_archive.html (coração de lado)
http://www.imagensdahora.com.br/links_gifs/gif_7595.htm (corações batendo)
http://www.melhor-pior.blogspot.com/2009_02_01_archive.html (cócegas 1)
http://media.photobucket.com/image/v%2525C3%2525ADdeo%20c%2525C3%2525B3cegas/galerinha_du_mal/fotos2006/IM000611.jpg%20cócegas%202
http://bonacinhiguchi.blogspot.com/ (Cócegas 3)
http://ellyguevara.wordpress.com/2006/09/05/desenhode-sonho/ (cócegas joaninhas)
http://ellyguevara.wordpress.com/2006/09/05/desenhode-sonho/ (sonho 1)
http://ellyguevara.wordpress.com/2006/09/05/desenhode-sonho/ (sonho 2)
http://soimagens.blogs.sapo.pt/arquivo/595902.html (Sonho 3)
http://smsonhadora.blogspot.com/ (sonho4)
http://nwmcristianee.wordpress.com/2008/11/27/qual-preco-voce-paga-pelos-seus-sonhos-e-desejos/ (sonho 5)
http://mywordpress2.wordpress.com/2006/09/page/2/ (sonho 6)
http://www.bicodocorvo.com.br/cultura/ciencia/sistema-respiratorio (sist. Respiratório)
http://meumundinho-papillon.blogspot.com/2008_05_01_archive.html (abraço)
http://www.andafter.org/blogs/eucompraria/publicacoes/cobertor-com-entrada-para-os-bracos_323.html (3 cobertor)
http://pt.northrup.org/photos/Sammy/nl-28.htm (Gato cobertor)
http://lqes.iqm.unicamp.br/canal_cientifico/lqes_news/lqes_news_cit/lqes_news_2005/lqes_news_novidades_700.html (cérebro humano)
http://www.medicinageriatrica.com.br/2008/01/06/saude-geriatria/envelhecimento-cerebral-2/ (cérebro 2 sinapses)
http://www.netinho.com.br/blog/2008_04_01_archive.html (ampulheta-sonho)
http://copiaperfeita.blogs.sapo.pt/942002.html?mode=reply (relógios voando)
http://atrompa.blogspot.com/2007_06_01_atrompa_archive.html (boneco cansado)
http://www.novolab.net/noticias/saude/01-29-09-bebermuitaagua.html (mulher bebendo água 2)
http://www.hybridmedicalanimation.com/anim_heart.html (coração humano)
http://www.youtube.com/watch?v=6wW-2kp17Jc (Primeira vitória de Senna na Fórmula 1) – não usei
http://colunas.gazetaweb.globo.com/acelerando/category/formula-1/ (bólido f 1)
O texto foi adaptado de “O Guia dos Curiosos”
Música: Descobridor dos Sete Mares – Lulu Santos

se gostarem, deixem um recadinho nos "comentários" abaixo...

domingo, 14 de junho de 2009

SANDÁLIAS HAVAIANAS - 14 DE JUNHO DE 1962

Com o mote "Não soltam as tiras e não têm cheiro", o então jovem Chico Anísio estava na mídia impressa, nos anos sessenta, fazendo o comercial das sandálias havaianas - que na verdade - eram chinelos, quando foram criadas. Marca brasileira, foi se sofisticando e ganhando novas versões ao longo dos anos, sendo exportada com sucesso para vários países.

FERNANDO PESSOA - POETA PORTUGUÊS (NASCIMENTO: 13/06/I888)

Fernando Pessoa nasceu em Lisboa - Portugal (13 de junho de 1888) e morreu na mesma cidade (30 de novembro de 1935).
Disponível em:


<http://press.algarvecentral.net/?p=23&lang=ca>. Acesso em: 13 jun. 2009.


BIOGRAFIA
Quando criança, Fernando Pessoa foi morar na cidade de Durban, na África do Sul, onde seu pai tornou-se cônsul. Neste país teve contato com a língua e literatura inglesas.
Já adulto, Fernando Pessoa trabalhou como tradutor técnico, publicando seus primeiro poemas em inglês.
Em 1905 retornou a Lisboa e, no ano seguinte, matriculou-se no Curso Superior de Letras. Porém, abandou o curso um ano depois. Pessoa passou a ter contato mais efetivo com a literatura portuguesa, principalmente Padre Antônio Vieira e Cesário Verde. Foi também influenciado pelos estudos filosóficos de Nietzsche e Schopenhauer. Recebeu também influências do simbolismo francês.
Em 1912, começou suas atividade como ensaísta e crítico literário, na revista Águia.
A saúde do poeta português começou a apresentar complicações em 1935. Neste ano foi hospitalizado com cólica hepática, provavelmente causada pelo consumo excessivo de bebida alcoólica. Sua morte prematura, aos 47 anos, provavelmente aconteceu em função destes problemas, pois apresentou cirrose hepática.


O ortônimo e os heterônimos de Fernando Pessoa
Fernando Pessoa usou em suas obras diversas autorias. Usou seu próprio nome (ortônimo) para assinar várias obras e pseudônimos (heterônimos) para assinar outras.


Os heterônimos de Fernando Pessoa tinham personalidade própria e características literárias diferenciadas. São eles:
Álvaro de Campos
Era um engenheiro português de educação inglesa. Influenciado pelo simbolismo e futurismo, apresentava um certo niilismo em suas obras.


Ricardo Reis
Era um médico que escrevia suas obras com simetria e harmonia. O bucolismo estava presente em suas poesias. Era um defensor da monarquia e demonstrava grande interesse pela cultura latina.

Alberto Caeiro
Com uma formação educacional simples (apenas o primário), este heterônimo fazia poesias de forma simples, direta e concreta. Suas obras estão reunidas em Poemas Completos de Alberto Caeiro.

Disponível em:
<http://www.suapesquisa.com/biografias/fernando_pessoa.htm>. Acesso em: 14 jun. 2009.



Disponível em: <http://www.somosportugueses.com/mch/modules/icontent/index.php?page=65>. Acesso em: 13 jun. 2009.

AUTOPSICOGRAFIA

O poeta é um fingidor.

Finge tão completamente

Que chega a fingir que é dor

A dor que deveras sente.


E os que leem o que escreve,

Na dor lida sentem bem,

Não as duas que ele teve,

Mas só a que eles não têm.


E assim nas calhas de roda

Gira, a entreter a razão,

Esse comboio de corda

Que se chama coração.

(28.02.1929)


A BIBLIOTECA DA ETS TEM A SEGUINTE OBRA DE FERNANDO PESSOA:

PESSOA, Fernando. Obra Poética: Volume Único. 3.ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2008. 842p. (Coleção Nova Aguilar).

Obs. - O autor está na lista das "Leituras Obrigatórias" para o Vestibular da UFRGS 2010.

TIRINHA DO LAERTE:

Disponível: <http://www.insite.com.br/art/pessoa/misc/laerte.html>. Acesso em: 14 jun.2009.

quarta-feira, 10 de junho de 2009

PAGU - POETISA E ESCRITORA BRASILEIRA

Nascimento da romancista e poetisa Pagu - Patrícia Rehder Galvão, São João da Boa Vista, SP (9.06.1910) - Santos,SP (12.12.1962).
[Retrato de Pagu feito em 1927]. Foto: Mauro.
(AEL, Coleção Patrícia Galvão e Geraldo Ferraz, foto 1.)

"Mulher de inúmeros matizes, libertária por excelência. De Joana D'Arc a Rosa de Luxemburgo, uma combinação dos mais puros e profundos sentimentos de liberdade que sintetizam sua alma guerreira.
Patrícia Rehder Galvão, a Pagu, fez de sua vida um campo de batalha contra a intolerância, os desmandos e os grilhões impostos por senhores de uma sociedade retrógrada e, nos mais diversos aspectos, injusta."

Disponível em: <http://sites.unisanta.br/pagu/aprese.htm>. Acesso em: 10 jun.2009.

Apesar de não ter participado - tinha somente 12 anos - da Semana de Arte Moderna, em 1922, Pagu engajou-se posteriormente ao movimento, tendo também uma grande participação política. Foi presa e torturada por ser comunista e posicionar-se contra os regimes totalitários da época.

segunda-feira, 8 de junho de 2009

BATMAN - 70 ANOS DO "CAVALEIRO DAS TREVAS"

"O universo das histórias em quadrinhos ficou mais sombrio e misterioso em maio de 1939, quando foi publicada a revista Detective Comics 27." (ver referência abaixo*)


Disponível em:
<http://lahormigargenta.blogspot.com/2009/04/batman.html>. Acesso em: 8 jun. 2009. (Nº 1!)

Abaixo, a publicação ganha vida própria, já com Robin:

Disponível em: <http://www.ouvirever.blogspot.com/>. Acesso em: 2 jun. 2009. (*)

A assinatura do desenhista Bob Kane (co-autoria com o escritor Bill Finger) aparece no quadrinho próximo ao pé de Batman e, no círculo abaixo do título, a editora "DC Comics".
Bob Kane era admirador de histórias de terror, principalmente as protagonizadas por Drácula, daí a inspiração para a criação do "Homem Morcego".
Na infância, o garoto Bruce Waine viu os pais serem assassinados - daí sua aversão por armas de fogo - e resolve usar seus recursos (dinheiro, prestígio) para um treinamento intensivo - tanto físico quanto mental - para montar uma superestrutura de combate ao crime, usando aparatos tecnológicos que, ao longo destes 70 anos, foram sendo aperfeiçoados (batcaverna, cinto de utilidades, ressoador de sonar, Batclaw, gel aerossol explosivo, batmóvel, etc.)

"Essa é uma uma obra criada por Frank Miller, uma edição que deixaria até Bob Kane orgulhoso."
O autor do blog abaixo diz que esta é uma das melhores HQs já lidas por ele, já que "traz todas as edições mais uma Extra com Making of, rascunhos e comentários sobre a origem e criação de Batman. Uma obra qual resgatou a imagem sombria deste Herói," pois durante os anos 60, a referência do seriado televisivo - e kitch, com Adam West e as impagáveis onomatopeias escritas na telinha - foi bastante forte e carregou no humor...
Disponível em:
<http://tretasdownloads.blogspot.com/search?q=batman>. Acesso em: 4 jun. 2009. (imagem e texto acima)


Disponível em:
<http://www.fotoseimagens.etc.br/foto-imagem_batman-desenho_2252.html>. Acesso em: 8 jun. 2009.

Alan Grant & Bret Blevins. Batman: o Filho Pródigo; n. 1, nov. 1996.

Disponível em:

sábado, 6 de junho de 2009

TETRIS - 25 ANOS

No dia 6 de maio de 1984, o pesquisador russo de inteligência artificial Alexey Pajitnov, juntamente com Dmitry Pavlovsky e o aluno Vadim Gerasimov, criava a primeira versão oficial de um dos jogos eletrônicos mais populares de todos os tempos.

Disponível em: <http://www.tekeeze.com/gaming/8-classic-pc-games>. Acesso em: 6 jun. 2009.

O jogo é formado por quatro segmentos e a palavra deriva do grego "tetra" que significa "quatro".

Tetris alcançou os Estados Unidos em 1986 e, daí, o mundo. O game já vendeu mais de 125 milhões de cópias para 30 plataformas diferentes, estando no Guiness por este feito.
Tetris ganha periodicamente novas versões e novos visuais. São jogos para Game Boy, PC, consoles, celulares, smartphonese outros aparelhos, gratuitos e pagos, mas que ainda trazem a mesma emoção e empolgação de 25 anos atrás. Desde seu lançamento para iPod e iPhone na Apple Store, em 2005, o jogo já se tornou um dos 10 mais baixados de todos os tempos.

REFERÊNCIAS:

Disponível em:
<http://g1.globo.com/Noticias/Games/0,,MUL1183783-9666,00.html>. Acesso em: 6 jun. 2009.

Disponível em:
<http://br.noticias.yahoo.com/s/03062009/7/tecnologia-negocios-tetris-aniversario-25-anos.html>. Acesso em: 6 jun. 2009.


quinta-feira, 4 de junho de 2009

SEMANA NACIONAL DO MEIO AMBIENTE - 1 A 7 DE JUNHO

DIA 5 DE JUNHO: DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE E DA ECOLOGIA!
Disponível em: <http://www.refugiodosfalcoes.com.br/o_refugio/>. Acesso em:4 jun. 2009.
Ministério do Meio Ambiente (MMA), criado em novembro de 1992, tem como missão promover a adoção de princípios e estratégias para o conhecimento, a proteção e a recuperação do meio ambiente, o uso sustentável dos recursos naturais, a valorização dos serviços ambientais e a inserção do desenvolvimento sustentável na formulação e na implementação de políticas públicas, de forma transversal e compartilhada, participativa e democrática, em todos os níveis e instâncias de governo e sociedade.

Disponível em: <http://www.aracruz.com.br/eucalipto/pt/solo.html>. Acesso em: 4 jun. 2009.

Autarquias do Ministério do Meio Ambiente:


1. Agência Nacional de Águas (ANA);
2. Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama);
3. Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio);
4. Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro (JBRJ).

Disponível em:
<
http://www.mma.gov.br/ http://www.jornaldomeioambiente.com.br/>. Acesso em: 4 jun. 2009.

Disponível em: <http://meioambienteprotegerambienteinteiro.blogspot.com/2008_06_06_archive.html>. Acesso em: 4 jun. 2009.

Muitas profissões, ligadas ao meio ambiente, surgiram nos últimos anos como, por exemplo, a de:

Gestor Ambiental

É o profissional que trabalha com a elaboração de Projetos de Gestão Ambiental que visem a preservação do Meio Ambiente aliada ao progresso. É considerado um Administrador do Meio Ambiente.
Disponível em:
<http://www.mestreweb.com/2009/04/14/gestor-ambiental/>. Acesso em: 4 jun. 2009.


Vamos trabalhar para conservar, proteger e renovar os recursos naturais de modo que a Terra não se esgote e a vida continue existindo em nosso planeta, com a biodiversidade que tanto nos encanta!
Disponível em;
<http://cartoes.terra.com.br/mundoanimal/frmundoanimal.htm>. acesso em: 4 jun. 2009.

ACERVO (caixa 7)

Estou divulgando a penúltima caixa deste maravilhoso acervo doado pelo MEC, desta vez com 23 obras bem variadas, a exemplo das anteriores: tem literatura, história, memória, quadrinhos, clássicos, contemporânes - autores de vários países, não só do Brasil.


Leiam! Divirtam-se!


























ADONIAS FILHO. O Forte. 12.ed. Rio de Janeiro: Bertrand, 2008. 154p.

ANDRADE, Mario de. Amar, Verbo Intransitivo. Rio de Janeiro: Agir, 2009. 240p.

ANTOLOGIA da Poesia Barroca Brasileira. São Paulo: IBEP, 2008. 159p.

ANDREIEV, Leonid. Judas Iscariotes e Outras Histórias. São Paulo: Claridade, 2004. 144p.


































BALZAC, Honoré de. Ilusões Perdidas. São Paulo: Estação Liberdade, 2009. 759p.
BANDEIRA, Manuel. 30 Crônicas Escolhidas. São Paulo: Cosac Naify, 2008. 127p.
CALLADO, Antônio. Reflexos do Baile. Rio de Janeiro: Frente, 2009. 206p.
CAMARGOS, Marcia. Juca e Joyce: Memórias da Neta de Monteiro Lobato. São Paulo: Moderna, 2009. 112p.
CARVALHO, José Murilo de. Dom Pedro II. 2.ed. Belo Horizonte: Claro Enigma, 2009. 278p.
DOMÍNIO Público. Literatura em Quadrinhos. São Paulo: Difusão Cultural, 2008. 80p.



























DOSTOIÉVISKI, Fiodor. Humilhados e Ofendidos: Romance em Quatro Partes com Epílogo. São Paulo: Nova Alexandria, 2003. 328p.
GÓGOL, Nikolai. Tarás Bulba. São Pauli: Ed. 34. 170p.
HORNBY, Nick. Slam. Rio de Janeiro: Rocco, 2008. 263p.
LAKS, Aleksander; SENDER, Tova. O Sobrevivente: Memórias de um Sobrevivente. 6.ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2008. 172p.




























MEIRELES, Cecília. Solombra. Rio de Janeiro: Vida Melhor, 2005. 179p.
MONTELLO, Josué. O Baile da Despedida. Rio de Janeiro: Frente, 2008. 390p.
PARK, Linda Sue. Por um Simples Pedaço de Cerâmica. São Paulo: M. Fontes, 2009. 167p.
PELLEGRINI, Domingos. Terra Vermelha. 3.ed. São Paulo: Geração, 2009. 471p.


REGO, José Lins do. Menino de Engenho. 94.ed. Rio de Janeiro: J. Olympio, 2008. 158p.

SANT'ANA, Sonia. Barões e Escravos do Café. Rio de Janeiro: J. Zahar, 2009. 178p.
SUASSUNA, Ariano. A Pena e a Lei. 5.ed. Rio de Janeiro: Agir, 2005. 158p.

Já estão emprestados:

SCLIAR, Moacyr. Minha Mãe Não Dorme Enquanto Eu Não Chegar. Ed. Newtec.
ZUSAK, Markus. A Menina que Roubava Livros. Intrínseca.













Obs. - Todas as capas são do site da Livraria Cultura:

Disponível em:
<
http://www.livrariacultura.com.br/scripts/cultura/index.asp?sid=0102772381152841988710111&k5=C0DECB&uid=>. Acesso em: 28 maio 2009.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

LER COM A LÍNGUA